11 de jan de 2011

Drª. Zilda Arns 25/08/1934 – 12/01/2010


Cardeal Dom Odilo Pedro Scherer
Arcebispo de São Paulo



Aos Padres nas Paróquias
Às Coordenações Pastorais
Aos Movimentos e Associações
À Pastoral da Criança
À Caritas Arquidiocesana


Caríssimos/as,

Dia 12 de janeiro próximo transcorre um ano do terrível terremoto do Haiti, no qual perdeu a vida também a Dra. Zilda Arns Neumann, Fundadora da Pastoral da Criança.

Convido, pois, para participar da Missa na Catedral da Sé às 12h., no aniversário de 1 ano de falecimento de Dra, Zilda e de tantos outros que perderam a vida no terremoto.

Desde então, muita solidariedade em favor do povo do Haiti foi mobilizada; mesmo assim, o seu sofrimento ainda continua grande. Queremos manifestar novamente nossa solidariedade para com o povo do Haiti.

No início de novembro, partiram 5 missionários da Comunidade Missão Belém, de nossa Arquidiocese, para abrirem uma missão num bairro extremamente pobre de Porto Príncipe. A conta para doações em apoio a esta iniciativa de solidariedade missionária continua aberta na Caritas Arquidiocesana (Banco Itaú, Agência 0057, Conta corrente 17.627-3).

A coleta da Missa de dia 12 será também revertida para essa finalidade. Convido todos à partilha generosa.

Desejo a todos saúde e paz, com a bênção de Deus!


Card. D.Odilo P. Scherer
Arcebispo de São Paulo



Há um ano, no dia 12 de Janeiro de 2010 na Haiti um terremoto de grandes proporções para toda uma população deste país, provocou a perda de inúmeras vidas, entre estas a da Dra. Zilda Arns, mulher que sempre com o seus gestos calmo e seguro nos passava a importância da solidariedade com bondade. O seu trabalho, através dos seus voluntários mudou a vida de milhões de crianças pelo Brasil e pelo mundo com a ação da Pastoral da Criança.

Dra. Zilda também ensinou que com o pouco se pode fazer muito, basta ter vontade de fazer a diferença. Ela estará sempre presente em nossos corações, através de ações concretas.

Dra. Zilda, modelo de Fé e Vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário