21 de fev de 2011

Ata da 2ª Reunião sobre os Cursos de Extensão da UNIFESP na Zona Leste


REALIZADA EM 04 DE FEVEREIRO DE 2011, Igreja São Francisco, Rua Miguel Rachid, 997, Ermelino Matarazo.
Com a presença da Pró-Reitora Profa. Dra. Eleonora e equipe da UNIFESP com a Comunidade da Zona Leste e Alto Tietê.

1)=
Dia 04 de fevereiro de 2011, às 9h00 realizou-se a reunião do movimento popular pela implantação da Universidade Federal na Zona Leste e Alto Tiete, com a presença de diversas lideranças da Zona Leste e Alto Tietê e a equipe técnica da UNIFESP composta pelos seguintes representantes: Profª Drª. Eleonora M. Oliveira Pro-Reitora de Extensão da UNIFESP; Profº Dr. Marcos Cesar diretor da UNIFESP de Guarulhos; Profª Dra. Guiomar S. Lopes, responsável pela Faculdade da 3ª Idade; Vagner, coordenador de Esportes na pró-reitoria de extensão; Cazuza e Iara responsável pelo programa: Jovens no primeiro emprego.

2)= Sob a coordenação do Pe. Ticão, deu-se inicio a reunião ressaltando a importância da presença de todos e agradecendo a participação dos presentes na luta por uma universidade publica para atender a população da Zona Leste da cidade de São Paulo e a região do Alto Tietê do Estado de São Paulo. Pe Ticão fez um breve relato da reunião anterior do dia 29 de janeiro de 2011, onde se levantou propostas para os cursos de Extensão entre eles: Cursinho Pré-Vestibular; Trabalho em Escolas e Entidades sobre Saúde Preventiva; Trabalho com a População Idosa; Instalar o Observatório de Pesquisas de Políticas Pública; Curso de Extensão para Jovens no Primeiro Emprego; Curso de Artes e Cultura na Zona Leste; Cursos de Esporte; Cursos com Mulheres na Zona Leste; Trabalho com Deficientes; Centro de Controle da qualidade dos alimentos; Criação de Canais de Comunicação: Rádio, Jornal, Televisão e Sites; Curso de qualificação para Conselho Tutelar e Lideranças e Plataforma de Tecnologia Social. Pe. Ticão acrescentou que além destas propostas, presentes na reunião anterior levantaram outras prioridades para a região: Curso de Economia Solidária; Propostas de garantir no Ensino Superior disciplina de Ética, Cidadania, história da Cultura Negra Afro-Brasileira e Africana, Lei 10.639; Meio Ambiente; Habitação; Curso para Professores do Ensino Médio; Curso voltado para a formação de médicos; Sistema viário da Zona Leste e Roteiro Turístico na Zona Leste. Em seguida o padre passou a palavra para a professora Eleonora.

3)= A professora fez uma breve explanação sobre o histórico da UNIFESP deste a década de 1990, chegando nos dias atuais que é a expansão da Universidade para a Zona Leste, ressaltando que o terreno para a construção do espaço físico já existe, que aproximadamente no ano inicio do ano de 2013 a Universidade iniciará suas atividades no Campus, porém a UNIFESP já está em total atividade na Zona Leste, os Conselhos já aprovaram o inicio do processo, que segundo ela aqui na Zona Leste será iniciado com os Cursos de Extensão, assim a UNIFESP diferentemente dos outros campus está iniciando suas atividades não com os cursos de graduação e sim com os cursos de extensão e especialização distribuídos em diferentes espaços da Zona Leste de São Paulo e Alto Tietê. A professora disse que aqui na zona leste a diferença em relação aos outros campos implantados é que aqui a UNIFESP está dialogando diretamente com a comunidade local, assim esta co-responsabilidade aumenta. Os próximos passos a partir desta discussão de hoje é que iremos nos reunir com a equipe no campus de Guarulhos e verificar o que podemos de fato concretizar neste primeiro momento e formaremos grupos de trabalho específicos para elaborar as ações de cada área, será oferecido cursos de especialização com carga horária de 360 horas, cursos de extensão de curta duração, seminários, fóruns temáticos, projetos de pesquisa e capacitação para servidores das áreas da saúde e educação. A professora apresentou datas para as próximas reuniões de trabalho: dia 10 de fevereiro reunião interna com os técnicos da UNIFESP no Campus Guarulhos e no dia 17 de fevereiro reunião com os grupos de trabalho na igreja.
Após a fala da professora Eleonora o Pe. Ticão falou que estamos chamando planície de extensão o trabalho que será realizado nos municípios do Alto Tietê região Leste de SP, a implantação dos cursinhos precisa está próximo de suas residências, porque quanto menos dificultar o acesso deste público alvo melhor para a viabilização das propostas, nestes primeiros cursinhos iremos trabalhar com aproximadamente 1000 (mil) alunos distribuídos em 35 salas.

4)=
O Padre passou a palavra para a explanação das propostas, iniciando com Economia Solidária, proposta pelo Renato que falou da instalação de uma incubadora de empreendimentos e cooperativas populares na linha de autogestão; desenvolver um curso regional de especialização de economia solidária; trabalhar na criação de Centros Públicos de Economia Solidária e promover cursos por ramos de atividades: alimentação, eventos, reciclagem, artesanato e costura industrial. Em seguida o Profº Valdir falou sobre a proposta oferecer cursos de ética e cidadania e cultura Afro- Brasileira Lei 10.639. Foi apresentado também mais informações sobre o curso voltado para a área da habitação: curso que fale sobre os problemas sociais e o direito a moradia sem riscos de enchentes e outros problemas. O item que fala sobre a capacitação continuada para os professores da rede pública teve três explanação, todos falaram da necessidade de oferecer cursos de especialização e extensão para os professores da rede pública com o objetivo de melhorar as estratégias de trabalho destes professores em sala de aula, considerando que a educação é o alicerce para o desenvolvimento de qualquer população. Foi apresentado sugestão de cursos para melhoria do transporte viário e por último uma rápida apresentação de ações voltada para a criação de um roteiro turístico na Zona Leste, contemplando a Capela de São Miguel Paulista, a Capela da Penha, o Espaço Nitro Quimica, estes projetos deverão ser focados na empregabilidade da população alvo.

5)= Após todas as apresentações o Pe. Ticão propôs que os presentes apresentassem novas propostas concretas, para acrescentar ao plano. Iniciou-se pela criação de cursos de especialização de 360 horas para os professores (Gestão Social, Mediação de Conflitos, outros); cursos de empreendedorismo voltado para a área de serviços, considerando o período de Copa do Mundo e Olimpíadas, geração de empregos para a população da Zona Leste e Alto Tietê; curso para os idosos; realização de pesquisa sobre violência da mulher; curso de formação para os alfabetizadores que trabalham com alfabetização de jovens e adultos nas ONGs; núcleo de conhecimento para os filhos dos agricultores, localizados no cinturão verde do Alto Tietê; curso de Segurança Alimentar, voltado para a formação de técnicos e agrônomos na região dos municípios de: Mogi das Cruzes, Biritiba Mirim e Santa Izabel; criação de fóruns sociais na região do Alto Tietê com a criação de programas de pesquisa e foi levantado também a necessidade da instalação de um escritório local da UNIFESP na Zona Leste.

6)= Terminado a explanação de todos que apresentaram as propostas citadas acima, a professora Eleonora, disse que precisamos definir quais as prioridades a partir destas demandas levantadas. Por exemplo: Economia Solidária é muito importante, mas neste momento não temos grupos para desenvolver este curso. A proposta é que a partir destes itens o grupo da Universidade irá elencar quais temas podemos começar imediatamente. É necessário fazer uma reunião de trabalho para começar a operacionalização do que é possível realizar neste momento. Quanto aos temas que não iniciar agora, podemos ir conversando para inicio a médio prazo. Já podemos começar com os itens: Cursinho Pré- Vestibular; Trabalho com a população idosa; Curso para jovens no primeiro emprego; cursos de esportes; Plataforma de Tecnologia Social e Cursos para os professores do Ensino Médio. Ficou agendada a reunião com o Grupo da UNIFESP dia 10 de fevereiro de 2011, no campus de Guarulhos e uma reunião dia 17 de fevereiro de 2011 com os grupos de trabalho de cada item citado acima.

7)= A seguir a professora passou a palavra para o Prof. Marcos Cezar que falou que é preciso planejar todas as ações, é preciso descobrirmos juntos o que podemos fazer. Tudo o que a UNIVERSIDADE faz é preciso ter a aprovação dos órgãos superiores entre eles os Conselhos. Já foi aprovado por unanimidade a formação da equipe do observatório, todas as discussões são feitas em assembléia, más o trabalho é desenvolvido por um grupo menor e este grupo já está em ação. O segundo ponto levantado pelo professor foi que já foi criado um grupo de responsáveis pela busca de parcerias para o financiamento da Plataforma Social. O terceiro ponto é que segundo o professor Cesar já podemos começar a funcionar no período da manhã,nas sextas feiras, cursos para: lideranças comunitárias, conselho tutelar e servidores da saúde e educação com temas voltados para a mediação de conflitos e prevenção da violência contra crianças e adolescentes. O quarto ponto apresentado é que existe três processos encaminhados para a criação de três cursos com temas voltados para Mediação de Conflitos e Prevenção da Violência contra crianças e adolescentes.

8)= Em seguida a professora Guiomar abriu sua fala, observando a abrangência de tudo que foi colocado até o momento, disse que na verdade o que a universidade irá fazer é reforçar as reivindicações da população junto ao poder público para que aconteça um trabalho de parceria entre as diferentes instancia, acrescentou que irá atuar com cursos voltado para a pessoa idosa com temas a partir das demandas levantadas.
O prof. Vagner que é coordenador de esportes da pró-reitoria de extensão da UNIFESP, disse que a idéia é capacitar professores de Educação Física, para atuar na área de esportes para a juventude.
Após a fala de todos ficou agendada para a próxima quinta-feira 10/02/11 a reunião com o grupo da UNIFESP, que terá como pauta as propostas de ações para inicio dos trabalhos, no dia 18 de fevereiro, sexta-feira reunião na igreja com o grupo da UNIFESP e dois coordenadores de cada um dos grupos para iniciar os trabalhos. Foi elencado os cursos para inicio imediato: 1. Capacitação para os professores do ensino médio; 2. Curso de prevenção a violência contra a mulher; 3. Curso na área de esportes; 4. Curso para a terceira idade; 5. Cursos e ventos de arte e cultura; 6. Implantação dos cursos que estão na Plataforma Social; 7. Curso de qualidade dos alimentos; 7. Fóruns de prevenção e promoção.
Padre Ticão encerra a reunião e convoca a todos para participar da reunião do dia 26 de fevereiro de 2011 e fala da necessidade de ter uma pessoa de referencia de cada região (Zona Leste e Alto Tietê).
Concluída a fala de todos participantes, o coordenador da reunião Pe. Ticão, encerra o encontro e convoca a todos para participarem das próxima reuniões, considerando que o trabalho já iniciou. Sob minha responsabilidade de secretariar este encontro, lavro a presente ata em quatro de fevereiro de dois mil e onze.

Profª Nadir Godoi.
Prof. Universitária e Diretora de Escola Estadual.

Nenhum comentário:

Postar um comentário