20 de set de 2010

Alckmin com suposto líder do PCC, Ney Santos, candidato a deputado federal em SP

Vídeo mostra Geraldo Alckmin (PSDB/SP) lançando a candidatura de Ney Santos a deputado Federal pelo PSC em 2010.

A polícia prendeu o candidato, suspeito de ligações com o PCC, e a justiça apreendeu bens de origem suspeita, inclusive uma Ferrari avaliada em R$ 1,4 milhão.

Ex-presidiário acusado por assalto a carro forte, o candidato apresenta patrimônio incompatível com a atividade econômica, com suspeita de lavagem de dinheiro para a facção criminosa PCC.

Com prisão temporária decretada pela Justiça na última sexta-feira, 17/9, Ney Santos está foragido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário